Mostrando resultados de: #semcreche Limpar Busca

  • 11
    abr
    Sobre a Alanis não ir para creche (Post desabafo)

    Ultimamente tenho sido bombardeada com criticas e “conselhos” sobre a ida tardia da Alanis à creche. Bom vou compartilhar com vocês um pouco da ideia que eu tenho a respeito da criação da Alanis. Quando ela nasceu eu resolvi ser mãe em tempo integral, sou da opinião de que os filhos devem ficar com os pais o máximo de tempo possível e que esse tempo deve ser da melhor qualidade.

    O ser humano é completamente adaptável ao meio em que vive, por isso quando os pais não podem ficar com a criança o dia todo, ela deve ficar com outra pessoa ou mesmo ir para a creche e isso não necessariamente será um problema, mas felizmente posso ficar com a minha filha e nesse post vou citar os motivos que me levam a não levar a Alanis para a escolinha.

    Lembrando que mesmo a Alanis não indo ainda para escolinha ela é estimulada a fazer atividades que exercite a mente, como desenhos, quebra-cabeças, videos com ABC ( no qual ela já domina em português e em inglês), números, etc..

    1. Crianças que frequentam a creche estão mais suscetíveis a pegar as temíveis viroses. Sempre que falo isso os “crechistas” ferrenhos me vem com o seguinte argumento “ah mas ela precisa criar anti-corpos”, precisa é claro!! Mas para isso eu levo ela á praia, parquinho, shopping, deixo brincar na rua, na areia, e levo comigo o lema “se sujar far bem”.
    2. Na creche por mais que as cuidadoras tenham atenção as crianças sempre ocorre um acidente ou outro. Em casa somos 1 pra 1, e minha atenção é toda voltada para ela.
    3. Posso ver todo os novos passos da minha filha, acompanhar todo o desenvolvimento dela, sem brechas, quer coisa melhor?
    4. A Alanis tem carinho e tempo integral, segurança emocional, sabe que pode contar com a mamãe e o papai sempre que precisar.
    Segundo Steve Biddulph, um dos autores mais bem-sucedidos da psicologia infantil, “nos primeiros anos de vida as crianças só precisam do amor dos pais. Quando somos amados, nossas emoções são apaziguadas. Há muita risada, música e cantoria.Ele afirma em entrevista pra revista Época que em vez de sair para trabalhar, pais e mães deveriam ficar em casa com seus filhos até eles completarem 3 anos. O motivo é a inadequação das creches modernas às necessidades das crianças dessa idade, que, segundo Biddulph, precisam muito mais de amor e carinho do que de brincadeiras desestruturadas e sem objetivo com gente estranha.” Fonte: http://www.boobambu.com.br/site/artigos.asp?texto=true&id=3

    Acho a creche importante, mas quando é realmente necessário, se você puder ficar com seu filho, fique.

    Ano que vem quando a Alanis fizer 4 anos, nós vamos fazer a adaptação dela na escolinha mas tudo com muita calma e paciencia e tenho em mente também que ser for muito dificil para ela, vamos para e tentar em outro momento. Quero criar uma pessoa emocionalmente segura.

    Esse foi um post desabafo, mas acredito que muitas mães devem estar passando por essa mesma questão. Lembre-se sentimento de mãe é lei!!

     

     

tags
Copyright 2017 - todos os direitos reservados a mamãe mimi